26/07/2015

「世の中安穏なれ、仏法ひろまれ」Yo no naka annon nare, Buppô hiromare

「世の中安穏なれ、仏法ひろまれ」'Yo no naka annon nare, Buppô hiromare',  é uma frase do Mestre Shinran, da coletânea Goshôzokushû, onde ele responde a pergunta do discípulo Shôshin-Bô de como o praticante do Nembutsu deve se comportar, numa época muito turbulenta para o Budismo que se seguiu logo após o exílio do Mestre: 

“Aqueles que se encontraram com os Ensinamentos do Buda e assim compreenderam a própria salvação pelo Ir-Nascer, devem louvar os Benefícios concedidos pelo Buda através da recitação do Nembutsu, de todo coração. Assim, que o mundo repouse em tranquilidade e que os Ensinamentos do Buda se propaguem.” (Seiten 569)

Encontrar-se com o Dharma, a princípio pode parecer simples obra do acaso, sorte ou resultado de inumeráveis condicionamentos, e que simplesmente simpatizando-nos com as ideias, passamos a dizer que aceitamos e seguimos de coração. E que consequentemente o Mundo será um lugar melhor para nós.
Não é tão simples assim, no Jôdo Wasan - Hinos de Louvor à Terra Pura, Mestre Shinran nos incita:
たとい大千世界に Tatoi Dai-sen-sekai ni
みてらん火をもすぎゆきて Miteran hi-wo mo sugiyukite
佛の御名をきくひとは Butsu-no mina-wo kiku hito-wa
ながく不退にかのうなり Nagaku futai-ni kanô nari
Aqueles que ouvem o Nome Sagrado do Buda (Amida) / Mesmo atravessando o fogo / Que queima os vastos universos, /Atingirão definitivamente o Estado de Não Retrocesso.

A prática da Terra Pura consiste em Ouvir o Nome Sagrado do Buda, ou seja, é a prática do Monpô (ouvir com plena atenção os Ensinamentos). Mas essa nossa busca pelo ouvir deve ser comparada a uma busca capaz de nos fazer saltar dentro de um rio de fogo, tamanha a convicção do praticante. É preciso escutar, ouvir com plena atenção o Nome de Amida, a partir dessa tomada de decisão, surge a determinação de sermos capazes de até mesmo atravessar um oceano de fogo em busca de Escutar os Ensinamentos. E quando finalmente, conseguimos realmente ouvir, o Ir-Nascer está garantido.

「ただはただでもただではないぞ ただの教えも聞かねばならぬ聞けば聞くほどただのただ ハイ返事もあなたから」
O que recebemos de graça, não é apenas por ser de graça. Mesmo o Ensinamento dado de graça, não é apenas para ser escutado, é para ser escutado com plena atenção e quanto mais escutado, maior é a Graça de ser de graça. O sim parte de você.
A partir da sua compreensão do Dharma é que o Dharma se propagará.

Em Gasshô,
Sayuri Tyô Jun


Nenhum comentário:

Postar um comentário