18/06/2018

"Oni-no-Nembutsu 鬼の念仏 ou Oni-no-sora-Nembutsu 鬼の空念仏"


"Oni-no-Nembutsu 鬼の念仏 ou Oni-no-sora-Nembutsu 鬼の空念仏

Trata-se de um provérbio que ilustra pessoas que externamente demonstram piedade e devoção, mas interiormente são impiedosas e malignas. Baseia-se na imagem de fieis que no templo, recitam o Nembutsu fervorosamente, mas ao pisarem fora do templo, comportam-se inadequadamente para quem se reconhece um ser louvável. A nossa expressão “Santo do pau-oco” seria uma boa versão.
As pinturas são de Kawanabe Kyôsai (河鍋暁斎1831-1889) da Era Edo. A imagem de um “Oni” (demônio, ogro) disfarçado de monge mendicante recitando ‘Namu Amida Butsu’ e pedindo doações era um tema popular recorrente. Pinturas, cerâmicas, Netsuke e artes em geral eram comercializadas em Ôtsu, cidade à beira do Lago Biwa, última parada na estrada Tokaido antes de Kyôto. “Oni no Nembutsu” faz parte dessa coletânea Ôtsu-ê 大津絵 pinturas que representam lembranças associadas a Ôtsu. O “Oni” é representado com vestes monásticas carregando o Livro de Donativos (Hôgatyô 奉加帳), um sino (Kane ) e seu batedor de madeira (Shumoku 撞木). Na época dizia-se que essa imagem colada na parede faria cessar o choro noturno dos bebês. 
  Pesquisa: Sayuri Tyō Jun





Nenhum comentário:

Postar um comentário